Canal de Panamá aumentará aporte al Estado de $600 millones en 2017

junio 29, 2016 3:13 pm Publicado por 798 Comentarios

 

249354_800x600_crop_5773c91e9fc6c

Com o início das operações do Canal Ampliado no domingo próximo passado, é estimado um aumento de 927 trânsitos de navios neo-panamax.

O aporte que o Canal inter-oceânico fará para o Tesouro panamenho no próximo exercício fiscal (2016/2017) aumentará de US$ 1.000 milhões do último ano para US$ 1.600 milhões, de acordo com o orçamento de receitas do Canal aprovado hoje pelo gabinete de ministros do Governo.

Através de ua. Resolução, o gabinete aprovou o projeto orçamentário concebido para o período entre 1o de outubro de 2016 e 30 de setembro de 2017 que, além dos US$ 1.600 milhões que seguirão diretamente para os cofres públicos, inclui US$ 208,5 milhões de aportes indiretos.

O administrador da Autoridade do Canal do Panamá (ACP), Jorge Luis Quijano, informou aos ministros que, para este ano fiscal, projeta-se um aumento da ordem de US$ 263,2 milhões em pedágios, resutado do aumento de 54,4 milhões de toneladas CP/SUAB 97 (um sistema universal de medição de tonelagem de navios) e um incremento de 2,6 milhões de containers que passarão pela via, informou a Presidência em um comunicado.

No total, o “volume de toneladas” que passará pelo canal no período aumentará 15,8%, conforme estimativas da Vice-Presidência Executiva de Planejamento e Desenvolvimento Comercial da ACP.
Quijano acrescentou que, com o início das operações do Canal Ampliado no último domingo, estima-se um aumento de 927 trânsitos de navios neo-panamax e uma redução 820 trânsitos dos navios panamax e outros menores, assim como um aumento de 62,6 milhões de toneladas CP/SUAB 97 em navios neo-panamax e redução de 8,2 milhões de toneladas em navios panamax e outros menores.

“Neste orçamento se incluem os recursos necessários para a manutenção dos equipamentos e da infra-estrutura do Canal, afim de assegurar sua disponibildade e sua confiabilidade, para atender à demanda de trânsitos e para cumprir com o programa de investimentos”, assinalou a Presidência.

A via inter-oceânica gera atualmente cerca de US$2.600 milhões, dos quais US$1.000 milhões são transferidos ao Tesouro panamenho. Com a ampliação, o Estado espera que esse aporte seja triplicado em dez anos.
A proposta aprovada pelo Conselho do Gabinete será remetida à Assembléia Nacional para consideração e aprovação, recordou a fonte oficial.

O Canal do Panamá encerrou seu ano fiscal de 2015 com US$ 2.610,2 milhões de receita, cerca de 8% a mais que o projetado, embora ligeiramente inferior ao de 2014 e 340,8 milhões de toneladas de carga, 9,8% a mais que o estimado.

A construção da ampliação, que permite a passagem de barcos contendo até 13.000 containers, três vezes mais que na via centenária, teve início em 2007 e um custo inicial de US$ 5.250 milhões.

Fonte http://laestrella.com.pa/

 

Categorizado en:

Esta entrada fue escrita porWebmaster PMC Asset Management

798 comentarios

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.